quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Adaptação à creche

Tem sido dificil, para mim!! Ela fica a chorar um pouco quando a deixo mas depois cala-se...eu venho com o coração esmifradinho e só me apetece chorar...tenho andado triste e sem vontade nenhuma de escrever...claro que isto veio misturado com outras pequenas coisinhas que não são para aqui chamadas e com o aproximar do 3º aniversário da morte da minha mãe...muitas recordações e muitas emoções à flor da pele...mas tudo passa, hoje já estou mais animadinha e amanhã hei-de estar melhor.

Por lá adoram-na, dizem que se porta muitissimo bem, come tudo, dança imenso e é muito brincalhona. :)
Amanhã deixo um post a falar do nosso domingo...hoje já não estou com espirito.Beijocas nossas


9 comentários:

Maria disse...

"Sofre" mais a mãe do que a bebé :)

Um beijinho.

Mafalda, Rui e Constança disse...

Vais ver que para a semana já não chora.
A nós custa mais que a elas ;)
Beijinhos

Maria José disse...

Eu compreendo-te amiga eu também sou como tu.
bjokas

ana disse...

Há momentos assim em que nos sentimos mais embaixo. Mas só de olhar para os nossos filhotes lindo ganhamos forças para continuar e ver o lado bom e feliz da vida,
Beijocas

liliana disse...

Ola Querida

Imagino o que te deve custar deixar a Gabi na creche, devemos ficar com o coraçao apertadinho, e do tamanho de uma ervilha...mas sao tudo tapas que fazem parte do desenvolvimento da Gabriela.
Obrigada pelo conselho em relaçao aos produtos da Uriage, acho que vou mesmo optar por esses, toda a gente me diz bem deles.
Tambem sofreste com dores de cabeça durante a gravidez?
Se quiseres trocar telefones e adicionar-me no msn este e o meu email:liliana.silva@live.com.pt

Beijoquinhas

gaiatA disse...

Devagarinho, ela vai c0meçar a s0rrir ao ver-te ir emb0ra..

Espero que o teu s0rriso v0lte rápido.

BeijinhOs *

Sara disse...

Isso é agora na fase inicial...o Martim, no primeiro dia portou-se lindamente, já no segundo e seguintes foi uma gritaria e o meu coraçãozito ia pequenino até ao trabalho.
Hoje quando o deixei, disse adeus e mandou beijinhos.

beijinhos

Mami do Salvador disse...

Sei perfeitamente o que sentes, eu também ando nessa fase de adaptação, o Salvador mudou de creche e tem sido dificil para mim deixa-lo sabendo que ele ainda não está habituada aquele espaço e aquelas pessoas. Espero que passe rápido este periodo complicado, eu também fico como tu.
Sobre estares a passar mais um ano da morte da tua mãe, bem... deve ser uma dor tão forte mas olha quando estou assim mais em baixo, sabes o que faço? vou a um sítio onde a pessoa que me deixou gostava de estar e faz-me tão bem, reviver momentos bons que passamos juntos, depois não sei porque sinto essa pessoa que partiu nesse dia e nesse local tão pertinho de mim que me dá sempre vontade de chorar.... mas chorar faz bem ... nos ajuda a libertar as emoções e não acumular coisas negativas na nossa cabeça, percebes? a tua mãe de certeza deve estar super orgulhos da mãe que és para a Gabriela.
Desculpa o testamento
Bjos

LEA disse...

Este post foi escrito contigo a chorar... Ora confessa lá...
Pensamentos positivos e alegres. Hoje também fui deixar o Guga, fiquei muito mais tranquila por o deixar com a Gaby, sei que ela tem paciência para dar e vender... Mas mesmo assim custo-me sair pela porta do colégio e deixá-lo lá. Nunca fiz tantas observações, nunca acrescentei tanta coisa como hoje... Parecia mesmo que ia ficar na sala com ele, até fui à porta da sala...
Beijocas grandes